POLÍTICA ▸ REVOLTA

Compromissos não cumpridos por Taques se voltam contra ele

Um vídeo da campanha eleitoral do governador Pedro Taques em 2014, com suas promessas, tem sido compartilhado nos últimos dias em grupos de WhatsApp e redes sociais.

O material mostra o governador elencando seus principais compromissos. O primeiro destacado é a conclusão das obras de revitalização da Salgadeira, local de lazer da população que está fechado desde 2014.

Em seguida Taques diz que investiria em Chapada dos Guimarães e garantiria infraestrutura turística. O município ainda enfrenta todo tipo de problemas na área turística, com interdições frequentes de trilhas e locais de contemplação, como o Portão do Inferno.

O governador também prometeu construir um Congódromo em Vila Bela e ajuda para o município de Poconé construir a Arena da Cavalhada , além de construir quatro centros de formação de atletas no interior.

Pedro Taques também assumiu o compromisso de implantar a Unemat em Várzea Grande e Cuiabá, além de reestruturar o curso de medicina em Cáceres.

Um dos compromissos mais emblemáticos foi o de construir um hospital estadual com 350 leitos para atender média e alta complexidade. O investimento na obra, segundo previsão do então candidato, seria de R$ 45 milhões, mais R$ 55 milhões para mobiliar e equipar. "É possível fazer com os recursos do próprio estado", garantiu.

"Todos os compromissos que fizemos são verdadeiros. Cabem dentro do orçamento do nosso estado", garantiu Pedro Taques.

Mais de três anos depois as promessas não foram cumpridas e Taques já anunciou que é candidato à reeleição.

Será difícil construir um discurso sobre a 'gestão passada', a quem o governador atribui até hoje a responsabilidade por seu fracasso administrativo.

No meio político, o governador Taques ganhou fama de não cumprir a palavra empenhada.

Veja o Video:

 

 

Comentários