POLÍTICA ▸ BATE DURO

Deputada afirma que Taques não olha corrupção ao redor e é digno de pena

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) respondeu ao governador Pedro Taques (PSDB), que em Cáceres, no último final de semana, afirmou que a oposição “só reclama e é fracassada”. Segundo a parlamentar, ser chamada de fracassada pelo atual chefe do executivo estadual seria um “elogio”. Ela também afirmou que Taques é “mentiroso e digno de pena”.

Para a parlamentar, o governador deveria se preocupar menos com a oposição e olhar ao seu redor. Janaina Riva afirmou que ao contrário dos apoiadores de Pedro Taques, os deputados oposicionistas não foram citados em nenhuma delação. Ela também citou as prisões do ex-tesoureiro da campanha de Taques ao governo, Alan Malouf, e do primo do governador e ex-secretário da Casa Civil, Paulo Taques.

“Ser chamada de fracassada por um governo fracassado como este, chega a ser um elogio. Não tem nada hoje em Mato Grosso mais fracassado do que a gestão Pedro Taques. Aliás, nem sei porque ele se preocupa tanto com a oposição, se ela é tão fracassada e corrupta, como ele disse alguns dias atrás, sem olhar ao redor dele. A oposição não tem nenhum deputado citado em delação alguma, ao contrário dele, que está rodeado e que o primo e o ex-tesoureiro foram presos. Se tem alguém hoje que não pode falar de corrupção ou de fracasso, é o governador Pedro Taques”, afirmou.

Janaina Riva chamou o governo de “mentiroso” e citou as promessas feitas por Taques de que a situação econômica e financeira do Estado melhoraria com a aprovação da PEC do Teto de Gastos e com os recursos do FEX, o que, segundo a parlamentar, não aconteceu. “Este governo é mentiroso. Falou que ia resolver com a PEC do Teto, com o FEX, falou agora em relação a recursos da bancada para a saúde. Ontem passei por Sorriso e não vi mudança nenhuma. É um governo que vem mentindo desde o início e perdeu sua credibilidade. As pessoas não acreditam mais no governador. Cadê? Não tem, não faz, não cumpre, não honra. Ele não tem mais moral para falar de ninguém. Eu sinto dó de ver a situação que ele chegou. O quanto ele se rebaixou do homem respeitado que ele era. Uma pessoa que tinha carta branca, um cheque em branco da população para fazer o que bem entendesse, a ser uma pessoa que hoje é vaiada quando passa na rua, entra numa escola e em uma reunião. Este é o retrato do Pedro Taques hoje. É digno de pena” afirmou.

A deputada também questionou o motivo pelo qual o governador não brigou, juridicamente, para rescindir o contrato com a empresa FDL Serviços de Registros, Cadastros, Informatização e Certificação, atualmente EIG Mercados. Ela apontou que os apontamentos feitos pelo deputado estadual Zeca Viana (PDT), na última semana, questionando o contrato, possuem fundamento.

“Em relação a rescisão, o governador nunca se preocupou com multa ou decisão judicial. Porque em outras situações ele enfrentou juridicamente e nesta não? O deputado Zeca Viana tem suas razões sim, em questionar a atitude do governador, assim como ele não tomou nenhuma ação em outras empresas citadas na delação do ex-governador Silval Barbosa, como a Três Irmãos, que ele não tomou atitude nenhuma. Tem secretário dele que tem parte na empresa, assim também com relação a Secretaria de Educação. Então ele vir falar que sabia, mas não tomou nenhuma atitude por conta de multa? Ah, por favor. É chamar a oposição de idiota”, completou.

Comentários