ESPORTES ▸ FUTEBOL

Desfalcada, defesa do Cruzeiro vai mal em derrota na estreia na Libertadores

Em noite de Lautaro Martínez, o Cruzeiro acabou derrotado para o Racing, por 4 a 2, no Estádio El Cilindro, em Avellaneda, na Argentina, na estreia do Grupo 5 da Taça Libertadores. O jovem atacante marcou três vezes, e Solari fez o quarto gol da equipe da casa. Arrascaeta e Robinho marcaram os gols da equipe celeste.

A Raposa volta a jogar no domingo, quando faz o clássico contra o Atlético-MG, pelo Campeonato Mineiro. A partida será no Independência, às 11h (de Brasília). Pela Libertadores, o time cruzeirense só volta a campo no dia 4 de abril, quando recebe o Vasco, no Mineirão.

O jogo
Se o jogo contra o Racing já tinha as dificuldades naturais pela força do adversário no El Cilindro, em Avellaneda, o Cruzeiro teve que lidar com a ausência de alguns titulares. Na véspera da partida, Mano Menezes perdeu o goleiro Fábio, que retornou ao Brasil por causa da morte do pai. Minutos antes da partida, o treinador divulgou a escalação sem o zagueiro Léo e o lateral-direito Edilson, ambos por precaução. O primeiro havia sido expulso contra o Nacional-PAR, pela Copa Sul-Americana do ano passado, enquanto o lateral recebeu o terceiro cartão amarelo na decisão da Libertadores 2017, ainda pelo Grêmio. Para piorar, durou seis minutos a estreia de Fred na competição, já que o atacante reclamou de dores na panturrilha direita, depois de disputar uma bola pelo alto com um adversário, e deixou o jogo para a entrada de Rafael Sobis.

Comentários