POLÍTICA ▸ FIM DA OBRA

Governo anuncia fim da construção da Arena da Cavalhada em Poconé

A classe política de Poconé pediu e o governador Pedro Taques atendeu, a Arena Cavalhada não será mais construída. Taques confirmou ao VGNews, durante entrega dos cartões pró-família na cidade, na tarde deste domingo (21), que vereadores e prefeitos solicitaram que os recursos sejam investidos na infraestrutura do município.

Orçada inicialmente em R$ 11 milhões, a obra faraônica poderia se tornar um elefante branco. Em seu projeto a obra seria composta por duas arquibancadas e cada uma delas comportará até 800 pessoas sentadas, totalizando 1.600 pessoas. Uma arena com área vip, 24 quiosques com churrasqueiras, sanitários, espaço para lanchonetes, setor de administração, estacionamento, calçadão e espaço contemplativo.

O governador revelou que Câmara e prefeitura se uniram para apresentar as demandas de Poconé, que necessita de recapeamento, melhorias na saúde, segurança e reforço na Educação.

Uma área de lazer na região central será construída com parte dos recursos que seriam aplicados na Arena da Cavalhada.

“Vamos destinar R$ 3 milhões para revitalização do Tanque da Rua, que será contemplado com um parque ambiental, para atender a comunidade, os turistas que lotam as pousadas do Pantanal, é um antigo sonho de todos este espaço, que terá quiosques, pista de caminhada”, detalhou.

Outras ações também foram anunciadas durante a visita do governador, além da entrega de 465 cartões Pró-Família, para famílias em situação de vulnerabilidade.

Comentários