POLÍTICA ▸ ELEIÇÕES 2018

Jaime Campos vem para o Senado e trabalha para que Taques recue

O ex-senador Jaime Campos já anunciou seu desejo de voltar a disputar o cargo de Senador da República nas próximas eleições. Porém,o que pesa agora no grupo do democratas é a decisão do ex-prefeito Mauro Mendes, para que a sigla tenha independência com a finalidade de lançar um candidato ao governo do Estado, e assim fazer o governador Pedro Taques recuar.

Jaime que é considerado conselheiro de Taques, preferiu manter o perfil cordial com o tucano e se amparar em pesquisas já encomendada, que deve mostrar a inviabilidade do atual governador e a aceitação do ex-prefeito. A pesquisa deve ser apresentada no início de abril. 

Mas, o democrata deve enfrentar em breve a resistência do grupo governista, já que o PSDB traçou sua própria estratégia e deixou o cacique fora do ninho tucano, ao anunciar a pré-candidatura do deputado federal Nilson Leitão para senador e não cogitar o seu nome. 

Após este encontro, Jaime mudou de discurso e tem revelado que projetos políticos podem mudar."Em 2014, o entendimento foi compor a base do atual do governo, mas 2018 é outro processo político”, declarou em entrevista ao site MPopular, em janeiro.

O grupo democratas tem a tendência de crescimento e fortalecimento em Mato Grosso, por contar com novas filiações que exerce mandato político. Entre eles, os deputados federais Fábio Garcia (já filiado), Adilton Sachetti e o deputado estadual Eduardo Botelho. 

Comentários