POLÍCIA ▸ CRIME ORGANIZADO

Jovens saem de MT e são sequestrados em SP ao comprar maconha em favela

Três jovens moradores de Rondonópolis (212 Km ao sul de Cuiabá) e usuários de maconha que saíram de Mato Grosso rumo a São Paulo pegando carona com caminhoneiros, acabaram sequestrados por traficantes e ficaram 5 dias num cativeiro até serem resgatados na última sexta-feira (19) no momento em que criminosos tinham ordenado a morte deles. Assista ao vídeo no final da matéria.

 

No resgate, houve confronto com policiais sendo que 3 bandidos foram mortos e outros 2 acabaram presos. Pelo menos foi essa a versão apresentada por eles em reportagem exibida pelo Jornal da Record, inclusive, com trechos de declarações de um dos rapazes, preservando rosto e nomes dos envolvidos.

São 2 rapazes de 19 anos e um adolescente de 16 anos. Eles relataram que saíram de Rondonópolis no dia 13 de janeiro e conseguiram carona com caminhoneiros até Suzano, região metropolitana de São Paulo, onde um deles tem família. “A gente foi só seguindo o dia a dia, sendo batido, sem comer, sem beber”, relata um deles.

O último motorista que deu carona ao trio parou na Rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo, próximo de uma comunidade, por volta das 22h30. Como os 3 são usuários de maconha, decidiram comprar droga no local, antes de seguirem viagem. “Chegando lá, perguntei se eles tinham R$ 10 de maconha. Ai depois começaram a perguntar de onde que eu descobri que era a biqueira deles”, narra o rapaz entrevistado.

De acordo com a reportagem, pelo sotaque dos rapazes os traficantes perceberam que não eram moradores de São Paulo. Quando descobriram que eram de Mato Grosso passaram a agredir as vítimas e fazer ameaças de morte.

O motivo seria porque Mato Grosso é dominado por uma facção rival à que controla o tráfico em São Paulo. “Eles queriam saber porque eu sai de Mato Grosso para entrar na favela deles”, conta uma das vítimas. Os rapazes disseram que nos 5 dias que ficaram no cativeiro, apanharam dos criminosos e receberam pouca comida.

A Polícia recebeu uma denúncia anônima e chegou no momento em que os traficantes tinham ordenado a morte das vítimas. A determinação para matar o trio foi dada de dentro de um presídio e os suspeitos aguardavam o aval de um dos líderes que estava preso.

Os policiais prenderam 2 bandidos e mataram 3 durante o confronto. As armas dos bandidos foram apreendidas. A Polícia ainda procura outros envolvidos no crime, que ajudaram a manter os jovens no cativeiro.

Comentários