ESPORTES ▸ FRUSTRAÇÃO

Orgulho por Jô no Corinthians e lamento sobre Dudu: presidente abre o jogo

A contratação de Dudu pelo Palmeiras no primeiro ano de gestão de Roberto de Andrade, em 2015, nunca foi bem digerida pelo presidente do Corinthians.

A dois dias de passar o bastão para o próximo mandatário, que será escolhido pelos sócios no sábado, em eleição no Parque São Jorge, Roberto recebeu a reportagem do GloboEsporte.com em sua sala e, em uma hora de papo, fez um balanço da gestão.

Na primeira parte da entrevista, Roberto falou sobre frustrações e alegrias – a segunda parte você confere na manhã de sexta-feira.

Ao ser questionado sobre o jogador que ele mais lamenta de não ter contratado nesses três anos de mandato, Roberto citou o palmeirense.

– Dudu foi um jogador que eu gostaria muito que tivesse ficado conosco – disse, dois dias depois de Andrés Sanchez, candidato da situação, dizer que o meia-atacante "tem a cara do Corinthians".

– Ele ficou muito próximo do Corinthians. Foi o Mário (Gobbi) que não quis. Não foi nem que não teve dinheiro. Falam de chapéu, mas o Palmeiras não deu chapéu em ninguém. O Mário não quis. E não tiro a razão. É a mesma coisa de chegar hoje, nos meus últimos dias de gestão, aparecer um negócio e eu ter que assinar comprometendo o futuro, com um valor incerto. Também ficaria na dúvida – afirmou o presidente.

Comentários