ESPORTES ▸ PROVIDÊNCIAS

Poconé aguarda definição sobre furto ocorrido na Arena Pantanal

O Poconé ainda aguarda a definição sobre o furto dentro dos vestiários da Arena Pantanal. A Federação Matogrossense de Futebol (FMF) se isenta de culpa no caso, pois alega não terem responsabilidade com os pertences dos clubes durante as partidas. Polícia Civil investiga o ocorrido.

O presidente do Poconé, Orivaldo Rondon, declarou que a responsabilidade seria da empresa de segurança contratada pela FMF.

- A nossa intenção é tentar resolver amigavelmente, estamos aguardando a federação se pronunciar e falar qual é a posição que vão tomar, pois se eles contrataram a empresa de segurança, então acredito que ela tem que arcar com a responsabilidade - disse Orivaldo Rondon

Em nota oficial a FMF se defendeu e disse que todas as responsabilidades da entidade são cumpridas nas partidas. Segundo a nota, a FMF tem obrigação de ofertar segurança aos torcedores e às equipes dentro de campo.

- A FMF lamenta o ocorrido com o time do Poconé. Apesar de a responsabilidade dentro do vestiário ser de cada clube, a FMF se solidariza com a equipe, e na próxima semana enviará para a Secretaria Adjunta de Esporte uma proposta para que seja instalada câmera de segurança na porta dos vestiários - afirmou outra parte da nota.

Após o registro do boletim de ocorrência, a Polícia Civil investiga o caso para tentar descobrir quem cometeu os furtos. A Polícia Militar afirmou ter avisado previamente a FMF de que não poderia fazer a segurança do jogo entre Operário VG e Poconé. A PM disse ainda que a federação contratou seguranças particulares para o decorrer da partida.

Todos os Direitos reservados a Poconet Notícias.

Comentários