POLÍTICA ▸ CASA DOS HORRORES

Renivaldo Nascimento diz que vereadores transformaram CPI do Paletó em circo

O vereador Renivaldo Nascimento (PSDB) afirmou que a Comissão Parlamentar de Inquérito denominada de CPI do Paletó - que investiga o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB)- por susposta quebra de decoro - se tornou um verdadeiro circo já na sessão que deveria ocorrer a primeira oitiva nesta quarta-feira (7).

A fala de Renivaldo ocorre após os vereadores Dilemário Alencar (Pros) e Adevair Cabral (PSDB) – relator da CPI – se "estranharem" e protagonizarem cenas como dedo na cara, acusações e troca de insultos por causa de um documento enviado pelo servidor público Valdecir Cardoso de Almeida pedindo o adiamento da oitiva.

“Todo mundo sabe o que eu penso, mas prefiro nem tocar muito nesse detalhe. Mas aqueles vereadores ficam lá tumultuando a CPI e fazendo graça para imprensa, criam situações e certas inverdades. É um circo realmente”, declarou.

O parlamentar afirma, ainda, que antes do presidente da CPI, Marcelo Bussiki (PSB) determinar o depoimento coercitivo do servidor, era necessário avaliar o caso.

“A comissão tem que comprovar se a pessoa não está enrrolado, se realmente está criando situações para atrapalhar. Se tudo tiver certo, marcar uma nova data. (...) A CPI está instalada pelo menos tem que mostrar para que veio ouvindo as pessoas, mas não fez nada até agora. Na primeira oitiva acontece isso”, argumentou Renivaldo.

Tumulto na CPI

O motivo dos desentendimentos foi o pedido de Dilemário para afastar Adevair Cabral da relatoria da CPI, por suspeita de obstrução da Justiça, já que ele recebeu documento adiando a oitiva da primeira testemunha da investigação Valdecir Cardoso de Almeida, que instalou a câmera para filmar deputados no gabinete de Silvio Corrêa, ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa.

Adevair acusou Dilemário de usar a comissão para fazer palanque político e os dois iniciaram um bate-boca. Bussiki precisou mandar que os microfones dos dois vereadores fossem cortados e os colegas precisaram intervir para acalmar os ânimos.

Também se desentenderam os vereadores Renivaldo Nascimento (PSDB) e Felipe Wellaton (PV), que discutiram de suas bancadas.

Comentários