ESPORTES ▸ DESCASO

Time do Poconé é furtado dentro de vestiário da Arena Pantanal após jogo do FlaxFlu

Os jogadores do Poconé Esporte Clube, que jogaram contra o Operário (VG) na noite deste sábado (24) na Arena Pantanal pelo Campeonato Mato-grossense, após a partida do Flamengo contra o Fluminense, tiveram vários pertences furtados do vestiário. O presidente do clube, Orivaldo Rondon, disse que ainda avaliam os valores, mas que o prejuízo é de no mínimo R$ 15 mil. A Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) disse que a responsabilidade dentro de cada vestiário é do clube.
 
De acordo com Orivaldo o fato teria ocorrido durante o segundo tempo da partida, que ocorreu após o jogo do Flamengo contra Fluminense. Ele disse que a segurança parecia reforçada.

“Foi uma dificuldade tremenda para a gente entrar lá, era tanta segurança, era tanta coisa. Arrumaram uma salinha para a gente se trocar, eu falei para a FMF que teria que ter segurança e eles colocaram, até o Fluminense sair do vestiário. Neste quarto tivemos que trocar de roupa na presença de mulheres e crianças pequenas, que estavam lá dentro”, contou o presidente do clube.

Momentos depois o time foi informado que o vestiário já estava liberado e poderiam ir para lá. No primeiro tempo do jogo tudo correu tranquilamente, mas quando voltaram após o final da partida perceberam o furto.

“Eu perguntei para ele se daria segurança no vestiário, e ele determinou que o segurança ficasse lá. E nós ficamos tranquilos, o primeiro tempo foi tranquilo, o segurança estava lá, fomos para o segundo tempo e ainda tinha o segurança. Na hora que voltamos a porta estava trancada e estava arrombado no fundo, aí fomos descobrir que tinham entrado. Não foi falta de pedir segurança, nós pedimos e fomos atendidos, melhor do que a segurança da Arena achamos que seria impossível”, disse Orivaldo.

De lá o clube foi para a delegacia registrar o boletim de ocorrências. O presidente disse que foram levados sete celulares, alianças, correntes de ouro, dinheiro e tênis, o que ele avaliou valer pelo menos R$ 15 mil.

Eles retornaram para Poconé e chegaram no município por volta das 3h30. O presidente afirmou que ainda não recebeu nenhuma ligação lhe dizendo sobre o que será feito.

A Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), que estava responsável pelo jogo, se manifestou por meio de uma nota lamentando o ocorrido e dizendo que apesar da responsabilidade dentro do vestiário ser do clube, irá procurar a Secretaria Adjunta de Esporte para propôr que sejam instaladas câmeras de segurança na porta dos vestiários.

Leia na íntegra:

FMF quer câmeras de segurança em porta de vestiários

A Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) lamenta o ocorrido com o time do Poconé na noite deste sábado (24), quando jogadores da equipe tiveram pertences roubados durante a partida. 

Toda a responsabilidade da FMF a respeito da segurança é cumprida nas partidas. A FMF tem obrigação de ofertar segurança aos torcedores e às equipes dentro de campo.

Apesar de a responsabilidade dentro do vestiário ser de cada clube, a FMF se solidariza com a equipe, e na próxima semana enviará para a Secretaria Adjunta de Esporte uma proposta para que seja instalada câmera de segurança na porta dos vestiários.

Comentários