POLÍCIA ▸ EXECUÇÃO

Agrônomo de Mato Grosso é morto com tiros na cabeça em rodoviária da Bolívia

O agrônomo Einstein Mota foi assassinado a tiros em frente à rodoviária de San Inácio, na Bolívia, na noite de sábado (15). Ele era mato-grossense e morava em Barra do Garças (515 km de Cuiabá).

Conforme informações da imprensa local, a vítima estava em frente ao terminal rodoviário quando foi surpreendida com tiros na região da cabeça. O autor dos disparos fugiu imediatamente após cometer o crime e até a manhã deste domingo (16) ninguém havia sido preso. 

Einstein era natural de Pontes e Lacerda e estudou Agronomia na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus do Araguaia. Conforme informações de suas redes sociais, atualmente ele vivia em Barra do Garças.

A morte do agrônomo foi lamentada por amigos em publicações pelo Facebook. “Descanse em paz, Einstein Mota”, escreveu uma conhecida.

Já outra pessoa foi solidária à mãe da vítima. “Senhor conforta o coração desta mãe, desta família. Pai eterno, é muito triste esta perda. Meus sinceros sentimentos a toda família que Deus possa confortar”.

A Polícia Boliviana investiga o caso.

Comentários