ECONOMIA ▸ EMPREGO

Com 46,8 mil empregos formais criados, MT fecha abril com saldo positivo

Os dados do Cadastro Geral de Empregados de Desempregados (Caged) divulgados nesta segunda-feira (6) pelo Ministério do Trabalho e Previdência (MTP) apontam que foram criados 46.886 empregos formais em Mato Grosso em abril.

No mesmo período, foram contabilizadas 42.520 demissões, totalizando um saldo positivo de 4.366 novos postos de trabalho com carteira assinada.

O resultado líquido (que leva em conta as contratações menos demissões) de empregos formais registrado no estado em abril mostra uma melhora em comparação com o mês anterior – quando o saldo de empregos formais foi de 1.090.

O estudo mostra ainda que o setor de serviços liderou a geração de empregos em Mato Grosso, com pouco mais de 2,4 mil empregos.


Em segundo e terceiro lugares, respectivamente, estão os setores da construção, que gerou 1,1 mil novos postos de trabalho, e o setor comercial, com 907. Já a agropecuária apresentou saldo negativo, com quase 888 demissões.

Os dados do Caged mostram que só em Cuiabá foram 9,6 mil admissões e 8,1 mil demissões, totalizando um saldo positivo de quase 1,5 mil empregos gerados.

De janeiro a abril deste ano, Mato Grosso já gerou mais de 198 mil novos postos de trabalho e registrou 169.337 demissões, saldo de 29.031 — quase o mesmo valor acumulado no período no ano passado.

Os dados consideram os trabalhadores com carteira assinada, isto é, não inclui os informais.

Com isso, os resultados não são comparáveis com os números do desemprego, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), coletados por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Continua (Pnad).

Comentários