NACIONAL ▸ ESQUEMA

Deputado denunciado por rachadinha é ex-líder do governador Witzel

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou nesta quarta-feira (1) o deputado Márcio Pacheco, do PSC, por um esquema de rachadinha -- a mesma investigação que envolve o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos).

Pacheco, ex-líder do governo Witzel na Alerj, é o primeiro denunciado no RJ pela prática. Não há prazo para a Justiça julgar essa denúncia.

A GloboNews apurou que Pacheco vai responder pelo crime de peculato -- que é a apropriação de recursos públicos.

A investigação aponta que parlamentares -- entre eles, Pacheco -- teriam se apropriado de dinheiro público ao obrigar servidores da Alerj a lhes transferir parte de seus vencimentos.

Em nota, o deputado afirmou que ainda não foi notificado, mas pontou que "compareceu duas vezes ao Ministério Público, uma delas voluntariamente", e que colocou seu sigilo fiscal, bancário e telemático à disposição do Ministério Público do Rio de Janeiro.

O deputado se diz "tranquilo e confiante na Justiça".

Comentários