POLÍTICA ▸ SINOP

Discurso do presidente Jair Bolsonaro em Mato Grosso é alvo de críticas de vários políticos

O discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o "exemplo" do Brasil sobre preservação ambiental, durante a sua visita a Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), não caiu bem. Isso porque enquanto ele negava a crise causada pelos incêndios em Mato Grosso o próprio avião presidencial teve dificuldades para pousar por causa da fumaça. A questão foi alvo de críticas de políticos e também de moradores da cidade.

Entre os políticos que criticaram a postura do presidente estão o professor e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos. "O avião de Bolsonaro arremeteu hoje no Mato Grosso por causa da fumaça das queimadas no Pantanal. Ele foi ao estado para compromissos com o agronegócio. Considera que os incêndios são normais. Parece que a natureza não concorda e deu um jeito de mostrar isso", postou ele no Twitter.

Já o líder do PT no Senado, Humberto Costa, compartilhou uma matéria sobre os problemas do avião do presidente. "Talvez, assim, Bolsonaro tenha sentido um pouco da tragédia que está provocando ao Pantanal", escreveu ele no Twitter.

Outro que manifestou contra a postura de Bolsonaro foi o coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista, o deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ). "Chega de negacionismo! O governo precisa assumir a responsabilidade e agir contra a tragédia que está acontecendo no Pantanal".

Para o também deputado federal Enio Verri (PT-PR), o acidente com o avião presidencial é mais uma prova da tragédia ambiental.

"O negacionista Bolsonaro disse que as denúncias contra as queimadas não passam de interesses econômicos de enfraquecer o agronegócio. Hoje, ao chegar em Sinop (MT), o piloto teve de arremeter o avião presidencial devido à falta de visibilidade causada pela fumaça das queimadas"

Uma das poucas parlamentares de Mato Grosso que critica Bolsonaro, a deputada federal Rosa Neide (PT) também usou as suas redes sociais para alertar para os incêndios no Pantanal e a falta de atenção do presidente. "Vai continuar negando Jair Messias Bolsonaro? A natureza não dorme! #sosopantanal #pantanalemchamas"

Comentários