CIDADES ▸ ESPERANÇA

Enfermeira do Samu chora ao tomar vacina contra a covid-19 em Mato Grosso

O Governo do Estado iniciou, por meio de ato simbólico no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, a campanha de vacinação contra a covid-19.

Na noite desta segunda-feira (18) foram vacinados sete profissionais da Saúde lotados no Hospital Metropolitano, Samu, Santa Casa e Adauto Botelho. (veja nomes abaixo)

A enfermeira Luciele Benin, do Samu, se emocionou e não conteve as lágrimas ao receber a primeira dose da vacina. Ela foi a quarta imunizada.

O governador Mauro Mendes (DEM) lembra a população que, apesar da chegada da vacina, ainda “teremos longos meses pela frente até conseguirmos a ampla imunização da população”.

“É importante continuar com as medidas de prevenção, pois, segundo a ciência essa ainda é a única forma de evitar o vírus”, emenda.

Mauro lembrou também que a partir desta quinta-feira (19) todos os municípios de Mato Grosso receberão o imunizante.

“Já temos um plano montado para isso. Existe a expectativa que até o final desse mês teremos outra leva de vacina”, afirmou.

Veja a lista abaixo:

SAMU

Luciele Fernanda Benin, 43 anos, servidora de carreira da SES-MT há 17 anos. Enfermeira da linha de frente da Covid-19 no SAMU e enfermeira do transporte aeromédico. Não teve Covid-19.  

SANTA CASA

Joel da Silva Rodrigues, 43 anos, enfermeiro há 25 anos. É servidor atualmente do Hospital Estadual Santa Casa, onde agua como coordenador do centro cirúrgico há dois anos. É servidor da antiga Santa Casa de Misericórdia, há 12 anos no mesmo cargo.

Ingly Silvia Reis Sampaio, 40 anos, técnica de enfermagem há nove anos, que atua no Hospital Estadual Santa Casa desde setembro de 2019. Atualmente trabalha no setor de enfrentamento à Covid-19 da unidade hospitalar.  

CENTRO DE TRIAGEM

Érika Diogo de Paula, 34 anos, enfermeira há 10 anos e profissional do Centro de Triagem da Covid-19. Em Mato Grosso, trabalhou em Barra do Bugres e Cuiabá.  

HOSPITAL METROPOLITANO

Luiza Batista de Almeida Silva, 43 anos, técnica de enfermagem e acadêmica de enfermagem, profissional do Hospital Metropolitano desde junho de 2019. Atualmente, trabalha na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid-19 do Hospital Metropolitano.

Angélica Galvan, 58 anos, técnica de enfermagem que atua no Hospital Metropolitano desde agosto de 2011, com experiência em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Quase 10 anos de serviço prestado ao Sistema Único de Saúde (SUS). 

Helena Maria Aparecida Silva, 63 anos, Técnica de Enfermagem que atua desde 2017 no Hospital Metropolitano, atuando nos Blocos de Internação.    

ADAUTO BOTELHO

Rosangela Ushizima, 53 anos, servidora do Estado há 15 anos e atualmente atua na Unidade 1 do Adauto Botelho. Foi diagnosticada com Covid-19 em 2020 e ficou internada por 14 dias – sendo quatro deles em UTI.  

CRIE

Carla Marques Rondon Campos, 53 anos, médica pediatra com especialização em Neonatologia, 24 anos de serviço prestado ao Estado e servidora do Centro de Referência para Imunobiológicos Especial.

Comentários