POLÍTICA ▸ ELEITORAL

Ex-Prefeita Meire tenta tirar matéria do Site Poconet; justiça nega pedido

A ex-prefeita de Poconé, Meire Adauto, ingressou com uma representação na Justiça eleitoral, com pedido de liminar, contra o Site Poconet Noticias. Ela questionou o conteúdo da matéria intitulada "Prefeitura de Poconé é condenada após calote de ex-prefeita Meire Adauto e ex-secretário Adaury" - leia mais aqui.

De acordo com a ação, a ex-prefeita, apresentou como potencial candidata nas eleições 2020, aduzindo ter sido alvo de propaganda eleitoral extemporânea irregular.

Na decisão a justiça eleitoral disse que candidato é a pessoa que, devidamente escolhida em convenção partidária, preenche todas as condições de elegibilidade, bem como não se enquadrando nas causas de inelegibilidade, tem o pedido de registro de candidatura deferido pela Justiça Eleitoral, no momento oportuno previsto em lei.

Além disso, as convenções partidárias para escolha de candidatos serão realizadas entre os dias 31 de agosto a 16 de setembro. O processo foi extinto e arquivado.

Ficha Suja:

A ex-prefeita Meire Adauto (PSDB), embora não tenha condenação na esfera judicial, possui várias contas reprovadas pelo Tribunal de Contas e Câmara Municipal de Poconé.

Comentários