POLÍTICA ▸ VACINAÇÃO

Governador diz que serão longos meses pela frente ao abrir distribuição de vacinas em MT

Após chegada das vacinas contra o novo coronavírus em Mato Grosso, 126.160 doses começam a ser distribuídas aos 141 municípios do estado nesta terça (19). Conforme já noticiou o , expectativa é que cerca de 60 mil mato-grossenses sejam imunizados neste primeiro momento.

Governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que, apesar de ainda não haver confirmação, expectativa é de que Ministério da Saúde envie novos lotes ainda este mês. Fazem parte do grupo prioritário profissionais as saúde, idosos acima de 75 anos e pessoas abrigadas acima de 60 anos.

“Lamentamos porque ainda teremos longos meses pela frente. O número de vacinas é proporcional à população dos estados brasileiros. Nós teremos um longo caminho pela frente até que consigamos a ampla imunização de toda a população brasileira”, disse.

“Por isso, é extremamente importante que todos continuem a tomar as medidas não farmacológicas de proteção, que segundo a ciência é ainda a maneira mais segura de você evitar a transmissão e a contaminação pelo coronavírus”, complementou.

Governador também pontuou que, apesar da tentativa de adquirir doses das vacinas por meio do Estado, apenas o Governo Federal, por enquanto, pode negociar com os institutos a compra da CoronaVac e da AstraZeneca.

Distribuição

Em todo o estado, existem 16 regionais preparadas para receber o material. Transporte está previsto para acontecer de forma terrestre e aérea, com auxílio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Para Água Boa, Alta Floresta, Barra do Garças, Juína, Juara, Sinop, São Félix do Araguaia, Porto Alegre do Norte, Peixoto de Azevedo, Colniza, Aripuanã e Rondonlândia, doses chegam de avião.

Já os municípios de Cáceres, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Diamantino e Tangará da Serra devem receber a vacina por via terrestre. Municípios da baixada cuiabana, como de costume, retiram o material na rede de frios central do Estado.

Comentários