ESPORTES ▸ COVID-19

Itália estende confinamento, e clubes não poderão voltar a treinar pelo menos até 13 de abril

País recordista de casos de coronavírus na Europa, e com maior número de mortes pela doença em todo mundo, a Itália prorrogou por dez dias o confinamento da população. O anúncio foi feito nesta quarta-feira pelo primeiro-ministro, Giuseppe Conte, em pronunciamento na TV.

Agora, o confinamento na Itália vai durar até 13 de abril. No último relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgado nesta quarta, a Itália soma 105.792 casos de Covid-19, com 12.430 mortes causadas pela doença.

Todo o esporte na Itália foi suspenso no começo de março, inicialmente até 3 de abril, prazo estendido pela nova medida do governo.

- Eventos esportivos e competições de todos os tipos e disciplinas seguem suspensos, tanto em locais públicos quanto privados. As sessões de treinamento para atletas profissionais e não profissionais também seguem suspensas em qualquer tipo de instalação esportiva - afirmou Conte, de acordo com a agências de notícias AFP.

Segundo o primeiro-ministro italiano, as restrições de circulação da população estão começando a dar resultados na luta contra a pandemia.

- Começamos a ver resultados positivos. Se começarmos a suspender as restrições agora, todos os nossos esforços serão em vão - acrescentou Conte.

Comentários