POLÍTICA ▸ CPI DA COVID

José Medeiros está na lista dos políticos que espalham fake news em plena pandemia

O deputado federal José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, está na lista  dos 26 políticos acusados de espalhar fake news durante a pandemia de Covid-19. O nome do parlamentar de Mato Grosso consta em    em documentos da CPI da Covid do Senado. As informações são do Congresso em Foco.

Segundo  os relatórios da CPI   obtidos   Congresso em Foco, Medeiros compartilhou notícias falsas em duas situações. Na primeira,   defendeu o uso de medicamento sem eficácia comprovada contra o novo coronavírus. Depois, publicou    vídeo editado que retirava a frase “E daí?”, dita pelo presidente da República Jair Bolsonaro  no dia que o Brasil atingiu a marca de 5 mil mortes por Covid-19.

Ativo nas redes sociais, Medeiros  defende Bolsonaro  está entre os mais fiéis defensores de Bolsonaro. Por isso, aparece na lista propagadores de fake news junto com outros parlamentares bolsonaristas e ministros. Alguns oposicionistas como como as deputadas federais Gleisi Hoffmann (PT-PR), Erika Kokay (PT-DF) e Sâmia Bomfim (PSOL-SP) também são citadas pela CPI.

A CPI da Covid  também investiga a origem de 68 perfis das redes sociais.  Com milhares de seguidores, os perfis espalharam, por exemplo, notícias  antivacinas e outras informações falsas sobre a pandemia.

Medeiros fez pouco caso da lista da CPI da Covid. Para o parlamentar, tudo que procede dos senadores Omar Aziz (PSD-AM) e Renan Calheiros (MDB-AL), presidente e relator da comissão, são os verdadeiros fake news. 

Comentários