CIDADES ▸ SINFRA

Maquinários doadas pelo Governo começam a chegar no interior de MT

As máquinas e equipamentos rodoviários doados pelo Governo de Mato Grosso, como parte do programa Mais MT, e que serão utlizadas na conservação de rodovias estaduais não pavimentadas, já seguem com destino aos municípios do Estado. Três consórcios intermunicipais, que abrangem 28 cidades, realizaram a retirada das máquinas que estavam alocadas estacionamento da Arena Pantanal, em Cuiabá.

Os representantes do Consórcio Intermunicipal Vale do Guaporé, Consórcio Intermunicipal Complexo Nascentes do Pantanal e Consórcio Intermunicipal Norte Araguaia (Cidesa NA) já retiraram as 15 máquinas, cujas chaves receberam do governador Mauro Mendes na última semana, após formalização de convênio com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra). 

Seguiram para as três regiões do Estado, ainda na terça-feira (22.06), um total de nove motoniveladoras, três escavadeiras e três pás carregadeiras, que serão destinadas para a manutenção de 2,6 mil quilômetros de rodovias estaduais não pavimentadas, que é área abrangida pela atuação dos consórcios. 

Nesta quarta-feira (23.06), outras cinco máquinas repassadas às prefeituras de Rosário Oeste e Colniza também deverão seguir com destino às cidades. Serão retiradas três motoniveladoras, uma escavadeira e uma pá carregadeira, que devem ser utilizadas na conservação de 978 quilômetros de rodovias estaduais não pavimentadas dos dois municípios.

A engenheira Patrícia Lima, responsável da Sinfra pela entrega dos equipamentos, explica que para que as entidades possam fazer a remoção dos veículos é necessário, primeiro, que os operadores recebam orientações básicas sobre o funcionamento de cada equipamento, a fim de esclarecer eventuais dúvidas e assegurar a operação correta durante os serviços.

Para isso, os operadores participam da chamada entrega técnica dos equipamentos, ocasião em que lhes é explicado sobre a manutenção preventiva, corretiva, as garantias e a atenção que eles devem ter com o motor, troca de óleo, funcionamento do painel e modos de operação de cada equipamento.

“As máquinas já saem daqui prontas para operar e estamos orientando aqueles que vão realmente operar essa máquina lá na ponta, na rodovia. O termo de cessão da Sinfra para doação dessas máquinas prevê que as primeiras oito horas de funcionamento do equipamento deverão ser monitoradas e deve ser emitido um relatório, que vai ser feito pelo operador. Por isso, a orientação sobre como funciona cada modelo de máquina que está sendo doado”, disse.

Esse relatório deve conter um registro fotográfico, com coordenadas georreferenciadas e datadas, das máquinas em funcionamento, de modo a evidenciar que cada máquina foi entregue em perfeito estado de funcionamento, informa a engenheira.

Outros equipamentos 

Além das entidades que estão fazendo a retirada de seus equipamentos, outras oito prefeituras, sete consórcios intermunicipais e duas associações beneficiadas ainda deverão remover suas máquinas e equipamentos rodoviários recebidos do Governo de Mato Grosso.

Foram entregues pelo Estado um total de 74 máquinas, sendo 46 motoniveladoras, 14 pás-carregadeiras e 14 escavadeiras hidráulicas, a 22 entidades. O investimento realizado foi de R$ 42,2 milhões oriundos do Mais MT, maior programa de obras da história de Mato Grosso.

Todos esses equipamentos fazem parte do primeiro lote de máquinas repassados pelo Estado. Ao todo serão entregues 175 máquinas e equipamentos rodoviários, cujo investimento soma R$ 96,5 milhões como parte do Mais MT, de modo a atender todas as regiões de Mato Grosso.

Comentários