POLÍTICA ▸ ELEIÇÕES 2022

Márcia Pinheiro diz que ainda não há definição sobre a sua candidatura

Cotada pelo próprio marido, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), como possível pré-candidata ao Senado pela Federação formada com PT, PV e PC do B, a primeira-dama Márcia Pinheiro (PV) afirmou, nesta quinta-feira (12), que nada nesse sentindo foi definido. Colocando-se como soldada do partido, ela resume que está à disposição da legenda para construir  qualquer projeto político.

“Não temos nada definido. Acho que é uma construção. Sou uma soldada do partido e vamos ver o que que eles querem de mim. E vamos construir, mas não tem nada definido ainda não”, declarou Márcia à imprensa.

A primeira-dama também defendeu a pré-candidatura do vice-prefeito José Roberto Stopa ao governo. O nome dele passa por avaliação dos partidos federados. “Stopa é uma pessoa extremamente qualificada, é um trator, como se diz, pra trabalhar, tem muito serviço prestado na nossa Capital, será um excelente candidato”, finalizou.

Márcia se filiou recentemente ao Partido Verde e, até o momento, seu nome era apontado para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa.

“Eu acho que a gente precisa ter uma mulher representando no Senado Federal aquilo que Márcia representa, as políticas públicas voltadas para ampliação da verdadeira política social, beneficiando os mais pobres, os mais humildes e os mais carentes. É o que ela fez e faz dia e noite, que tenham políticas públicas que empoderem a mulher e deem efetiva participação da mulher na sociedade, e ela faz isso em Cuiabá”, defendeu, recentemente, Emanuel Pinheiro.

Comentários