POLÍCIA ▸ ATIRADOR

Marido diz treinar pontaria para atirar no rosto da ex-mulher em cidade de Mato Grosso

Uma mulher 21 anos acionou a Polícia Militar na noite desta quarta-feira (21) após ser espancada e ameaçada pelo marido, de 41 anos. O caso foi registrado no município de São Pedro da Cipa (154 km de Cuiabá).

Na residência onde mora o casal, foram encontradas duas armas de pressão, segundo a vítima o marido dizia que gostava de treinar a pontaria para o dia em que fosse dar um tiro na cara dela. O acusado não foi preso.  

Segundo boletim de ocorrência, a guarnição foi acionada pela vítima por volta das 19h, dizendo que o marido estava bêbado e ameaçando ela de morte. Quando chegou no local, o acusado já havia fugido.

A vítima relatou que o marido fez diversas ameaças caso ela largasse dele. A mulher disse ainda que o marido possui uma carabina Cal 22, e uma pistola de pressão P17, que segundo ele servem para treinar a pontaria para o dia que irá dar um tiro na cara dela.

Segundo ela, o homem sempre diz isso, com intenção de intimidá-la. Rondas foram feitas à procura do suspeito que não foi localizado.

As duas armas descritas pela vítima foram localizadas no interior da residência. A mulher apresentava hematomas pelo corpo, além de ferimentos profundos no rosto, causados pelas agressões do companheiro.

O caso será investigado pela Polícia Civil. 

Comentários