POLÍCIA ▸ LOUCO

Marido estupra e tortura mulher com choques nas partes íntimas por 8 dias em Mato Grosso

Uma mulher de 31 anos foi estuprada e torturada pelo marido com choques nas partes íntimas e na boca durante oito dias, em Primavera do Leste, a 242 km de Cuiabá. A vítima e os filhos do casal, de 3 e 12 anos, também foram mantidos em cárcere privado durante esse período.

As agressões só pararam após a prisão do marido, na quinta-feira (17), em uma fazenda da região, onde ele trabalhava. O suspeito foi autuado pelos crimes de tortura, estupro, cárcere privado e posse ilegal de arma de fogo.

De acordo a delegada Anamaria Machado, o homem, de 34 anos, também dava socos e usava armas para bater e ameaçar a mulher. A polícia disse que as agressões ocorriam devido ao ciúme que ele tinha da vítima. “Ele a levava para uma região de mata para tortura-la. Ele atirava e dizia que da próxima vez iria mata-la. Foram nove armas apreendidas de uso permitido. Agora vai depender do oferecimento de denúncia do Ministério Público e da decisão da Justiça”, disse.

Durante as buscas na propriedade, os policiais entrevistaram o suspeito, que confirmou os crimes cometidos e ainda atribuiu a culpa à vítima.

Thank you for watching

A mulher e os filhos foram resgatadas pela polícia após uma denúncia que levou até a prisão do marido. As vítimas foram levadas à Delegacia da Mulher de Primavera do Leste.

A vítima contou à polícia que estava sendo torturada desde o dia 9 de junho, quando o suspeito começou a agredindo com um copo de vidro em seu rosto. Depois, ele a levou para uma estrada na mata, onde novamente a agrediu com socos e chutes.

Em uma das ocasiões, ela estava com o filho no colo, e foi agredida na cabeça. Uma das agressões foi feita com uma das armas, quando o homem a jogou no chão e depois apontou em sua direção fazendo um disparo.


A vítima relatou ainda que o agressor a impedia de sair de casa para que os vizinhos não pudessem ver as lesões em seu rosto. Na madrugada desta quinta-feira, ele tornou a agredi-la, batendo com um fio de eletricidade.

Durante as buscas na propriedade, os policiais entrevistaram o suspeito, que confirmou os crimes cometidos e ainda atribuiu a culpa à vítima. A mulher e os filhos foram resgatadas pela polícia após uma denúncia que levou até a prisão do marido. As vítimas foram levadas à Delegacia da Mulher de Primavera do Leste.

Comentários