CIDADES ▸ NATUREZA

Onça-pintada solta em Poconé é fotografada às margens de rio na região do Pantanal

A onça-pintada que foi solta no Pantanal, em Poconé, a 104 km de Cuiabá, em outubro deste ano, foi fotografada às margens do Rio Três Irmãos no Parque estadual Encontro das Águas, nessa terça-feira (10). A foto foi feita por João Paulo Falcão e compartilhada nas redes sociais. Segundo o fotógrafo, o animal, chamado de 'Ousado', estava à procura de uma capivara para se alimentar.

“Primeira fotografia do Ousado em seu habitat natural caçando uma capivara”, diz na legenda.

Ousado, que passou por tratamento de queimaduras por mais de um mês, é acompanhado pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio) através do rádio-colar com GPS que permitirá o acompanhamento de sua readaptação. O animal foi resgatado no dia 11 do mês passado, com queimaduras de terceiro grau e outros problemas de saúde, porque havia inalado muita fumaça. Também apresentava grave desidratação com possíveis alterações renais.Outra foto compartilhada no Instagram pela voluntária em ações do Pantanal, Eduarda Fernandes, mostra a onça dentro do rio.

“A maior satisfação de todas. Ele está bem, forte e saudável. Estamos muito felizes por ver que todo nosso trabalho teve retorno”, ressalta.

A preocupação do ICMBio é saber se o Ousado terá sucesso na readaptação, se está caçando, se alimentando, aonde está indo. Ele poderá ficar com o colar por até 400 dias, após esse tempo ele cai sozinho.

A onça-pintada foi resgatada no dia 11 de setembro deste ano na região de Porto Jofre, no Pantanal mato-grossense. O animal apresentava queimaduras graves.

Foram mais de 30 dias em recuperação no Instituto Nex, em Goiás. No instituto, ele recebeu tratamento com ozônio e lazer terapia e foi constatado que não teve perda de função de seus membros, o que permitiu ser solto novamente na natureza.

Comentários