POLÍCIA ▸ CPF CANCELADO

Poconeano morre em troca de tiros com a Polícia Militar em Várzea Grande

Um bandido, identificado como Regielton Arruda Luiz da Silva, conhecido como Fumacinha, foi baleado e morreu após trocar tiros com a Força Tática da Polícia Militar na ponte Sérgio Mota, que liga Cuiabá a Várzea Grande. O tiroteio ocorreu quando os criminosos fugiam da abordagem da PM após roubarem um carro na Capital. Regielton era natural de Poconé e ja morou na região do bairro João Godofredo.

As primeiras informações são de que dois suspeitos roubaram uma caminhonete Ranger e seguiram em fuga pela ponte Sergio Mota. Em determinado momento, os ladrões sofreram um acidente ao bater num barranco. 

Na fuga, os bandidos depararam com uma viatura da Força Tática e um dos criminosos apontou arma para os policiais, dando início ao tiroteio. 

Um bandido foi baleado e o comparsa preso. "Fumacinha" foi encaminhado em estado grave ao pronto-socorro de Várzea Grande. Contudo, ele não resistiu e acabou morrendo logo após dar entrada na unidade de saúde. Segundo policiais, ele possuía mais de 10 passagens criminais, entre elas por roubo e tráfico de drogas.

O suspeito preso foi identificado como Renato Alves de Bessa.

O helicóptero do Ciopaer está dando apoio a ação, pois segundo relatos uma pessoa que assustou com a troca de tiros teria pulado no rio. A PM fez o resgate e liberou o rapaz, pois não tinha envolvimento com o fato.

Comentários