CIDADES ▸ DECRETO

Prefeitura aperta o cerco contra festas clandestinas na cidade de Poconé

Após registro de um volume expressivo de novos casos, a prefeitura de Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) baixou novo decreto com medidas mais duras contra o avanço da covid.

Na manhã desta quinta-feira (22/07), a Prefeitura de Poconé definiu novas medidas a serem decretas no município, visando o combate da disseminação da COVID-19 em todo o âmbito municipal.

A decisão foi tomada após reunião solicitada pelo Promotor de Justiça de Comarca do Município de Poconé, Mário Anthero Silveira de Souza, que solicitou que as medidas fossem intensificadas tendo em vista os recentes aumentos dos casos de infectados em Poconé.

Na oportunidade, o Prefeito Tatá Amaral, viabilizou a possibilidade da flexibilização dos horários de funcionamentos de restaurantes em horários de almoço e aos sábados e domingos, permitindo o funcionamento dos mesmos, até as 14h da tarde, porém, somente com 50% da capacidade total do local, sendo assim, as ficam decretadas as seguintes medidas.

O descumprimento das medidas restritivas deste decreto, também se aplicam aos locadores e proprietários de imóveis, quando estes cedem ou alugam, mediante diárias, os imóveis aos locatários ou cessionários e estes realizam eventos festivos em propriedades privadas (sítios, chácaras, fazendas, ou casas particulares), com número superior a 20 (vinte) pessoas.

Na semana passada, a prefeitura baixou a normativa nº 80/2021, que altera dispositivos do decreto nº 50/2021, a prefeitura proíbe a circulação de pessoas na cidade das 20h às 5h.

Além disso, bares, lanchonetes e restaurantes só poderão funcionar de segunda a sexta até às 19h30 e aos sábados até às 12h. Ainda quanto ao comércio, a prefeitura também restringiu as entregas (Delivery) na cidade até às 23h59.

Comentários