ECONOMIA ▸ PRODUÇÃO

Safra de grãos no Brasil deve crescer 4,8% e alcançar recorde de 253,7 milhões de toneladas

A safra de grãos do Brasil, a principal do país, deverá atingir 253,7 milhões de toneladas na temporada 2019/2020, de acordo com o penúltimo levantamento do ciclo divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta terça-feira (11).

Se confirmado, o resultado será 4,8% maior, ou o equivalente a 11,6 milhões de toneladas sobre a produção da safra passada. O carro-chefe dos grãos é comandado pela soja e milho, que garantem quase 90% da produção nacional.

Com o final próximo da colheita da primeira e segunda safra das commodities, o estudo passa a analisar as culturas de terceira e de inverno, de olho no comportamento climático que vem favorecendo as lavouras até agora.

A soja, principal produto do agronegócio brasileiro, já tem garantida a produção recorde estimada em 120,9 milhões de toneladas, com ganho de 5,1%, segundo a Conab.

As safras de milho também estão recorde assegurado de 102,1 milhões de toneladas. A colheita da primeira safra já encerrou enquanto a segunda está em reta final, dependendo de 1,5% da contribuição das lavouras cultivadas na região do Sealba (Sergipe, Alagoas e nordeste da Bahia).

Comentários